31/05/2010

Sextilha

Se você sabe que o que tem a dizer fere
e, no entanto, não se importa em dizê-lo,
visto que dói-me na medida em que é certo,
e o que é certo não o é antes de ser justo,
por que o meu nome e os pedidos de perdão
por ter feito algo sem dolo ou culpa?

2 comentários:

Gookz disse...

para que o outro se console ao menos com a ilusão de pensar que sentimos muito...

Eduardo Ribeiro disse...

A indagação procede. Certo ou justo é declamação vazia, dirigem-se ao sujeito enquanto arbítrio subjetivo.

Você é muito bom naquilo que se propõe...